O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), empenhado na disseminação de informações que contribuem para o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, apoia a realização VI Congresso Brasileiro de Fitossanidade (Conbraf), que terá como tema central a proteção das plantas do Cerrado. O evento, organizado pela Universidade Federal de Goiás

O chocolate está cada vez mais presente na mesa dos brasileiros: oito em cada 10 famílias têm o hábito de consumir o produto, mostra pesquisa publicada pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab, 2021). A oferta desse doce, contudo, ficou ameaçada por muito tempo em razão de reduções constantes na produção

Os defensivos agrícolas são essenciais para o sucesso da agricultura brasileira (e mundial). Esse fato é sabido e comprovado pela ciência. Afinal, as plantações sofrem com o persistente ataque de insetos, infestação de plantas daninhas e doenças fúngicas, entre outros problemas fitossanitários. Um estudo recente apoiado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e

O evento promovido será realizado nos dias 1 e 2 de setembro, em Botucatu (SP). Inscrições estão abertas.

Do plantio à mesa dos consumidores, o milho sofre com o ataque de inimigos mortais. De abril a julho, período da segunda safra do grão – a chamada “safrinha” ou “safra de inverno” – não é diferente. Por isso, o manejo das pragas é essencial para garantir o abastecimento de um produto agrícola tão importante

Por Eliane Kay, farmacêutica-bioquímica e diretora executiva do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) A Rússia e a Ucrânia estão, geograficamente, muito distantes do Brasil. Mas a guerra em curso entre os dois países tem afetado o preço do pão nosso de cada dia. Isso se deve ao fato de que

O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) acabam de disponibilizar um minicurso gratuito sobre aquisição, transporte e armazenamento de defensivos agrícolas em propriedades rurais. O treinamento, que é online, conta com certificado, tem carga horária de 4 horas e faz parte do Programa

*Por Eliane Kay, farmacêutica-bioquímica e diretora executiva do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) O Brasil produziu 10,7 milhões de toneladas de laranja no cinturão de São Paulo, Triângulo Mineiro e Sudoeste Mineiro, na safra 2021/2022, o que corresponde a mais de 290 milhões de caixas de 40,8 kg, medida utilizada pelo

Ácaro da leprose

O ácaro da leprose dos citros (Brevipalpus phoenicis) é considerado uma praga-chave para a citricultura brasileira por atacar frequentemente as laranjeiras doces durante todo o ano e causar grandes prejuízos quando não controlado adequadamente. Além de gerar danos diretos às plantas infestadas, ele é vetor potencial do vírus “Citrus Leprosis Virus” (CiLV), agente causal da

PODRIDÃO FLORAL

A podridão floral dos citros, conhecida popularmente como “estrelinha”, é causada pelo fungo Colletotrichum acutatum. Ele afeta flores e frutos recém-formados de quase todas as variedades de citros de interesse comercial. De modo geral, a doença é mais frequente e danosa nos pomares de laranjeiras doces, limões verdadeiros e limas ácidas. As infecções podem ocorrer