Curso gratuito sobre boas práticas entre apicultura e agricultura já conta com sete módulos 1024 683 Sindiveg

Curso gratuito sobre boas práticas entre apicultura e agricultura já conta com sete módulos

Iniciativa do Colmeia Viva, programa do Sindiveg, disponibiliza certificados a cada etapa concluída no site sindiveg.org.br/cursos

A relação sustentável entre a agricultura, a apicultura e os defensivos agrícolas, é tema de um treinamento desenvolvido pelo Colmeia Viva, programa do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos Para Defesa Vegetal (Sindiveg), que já conta com sete módulos. O curso é gratuito e, a cada módulo, o participante pode gerar um certificado. As inscrições estão disponíveis no site sindiveg.org.br/cursos.

“Essa iniciativa de disseminar informações de qualidade faz parte da construção de uma relação mais produtiva entre a agricultura e a apicultura. Queremos maximizar a proteção às abelhas, incentivando o diálogo entre apicultores e os agricultores, que dependem da utilização de insumos para a proteção das plantações contra pragas e doenças”, afirma o presidente do Sindiveg, Julio Borges.

Os módulos abordam fundamentos da agricultura, da apicultura e dos defensivos agrícolas e as boas práticas envolvendo as atividades. Também são temas as técnicas para aplicação destes produtos de forma amigável às abelhas, os impactos do mau uso aos polinizadores e a importância de protegê-los, bem como a profissionalização da apicultura.

“O módulo 7, mais recente, fornece orientações para a melhor aplicação terrestre de defensivos, visando tornar essa prática mais amigável às abelhas. Nele, evidenciamos as abelhas como insumos agrícolas e abordamos a importância de evitar aplicações durante floradas, a ter cuidados na dessecação e a implantar o manejo integrado de pragas”, afirma Daniel Espanholeto, especialista em uso correto e seguro do Sindiveg e coordenador do Colmeia Viva.

A relação saudável entre cultivos e abelhas é essencial para o sucesso de plantações. Espanholeto explica que sem a polinização realizada por animais – categoria que inclui as abelhas –, culturas dependentes podem ter perdas de 40% a 100% na produção. Entre essas culturas estão a maçã, o maracujá e a melancia, por exemplo. Assim, as boas práticas contribuem para segurança alimentar, protegendo os cultivos e assegurando sua produtividade.

Para conhecer a plataforma e se inscrever no curso, acesse o site sindiveg.org.br/cursos.