Operação prende 54 e fecha fábrica de agrotóxicos

Material encontrado em imóvel foi levado para a delegacia. Suspeita é que tudo seja falsificado.

128 policiais, 48 viaturas, 54 presos. Esses números compuseram, na manhã de ontem, uma operação em 17 cidades da região de Franca. Segundo dados fornecidos pela Delegacia Seccional, foram feitos três flagrantes por tráfico de drogas na região e três prisões por atraso no pagamento de pensão alimentícia. O maior índice de ocorrências se deu em Batatais (42 km de Franca), onde 17 pessoas acabaram presas por mandados de preventivas e temporárias.

Além disso, foram expedidos 40 mandados de busca e mais de 10.200 bens apreendidos. 17 gramas de maconha, 6,8 gramas de cocaína e um grama de crack também fizeram parte dos itens resgatados pela polícia.

Em meio à operação, a apreensão que mais despertou a atenção dos policiais foi em Aramina (63 km de Franca). Mais de 25 galões de produtos agrotóxicos, que ultrapassam 500 litros, foram apreendidos. Rótulos, galões vazios, caixas e balanças foram encontrados em uma casa do bairro Dante Scandiuzzi. Porém, não havia ninguém no local.

A polícia trabalha com a hipótese de que o imóvel estivesse sendo utilizado para adulteração de produtos agrícolas que seriam vendidos como originais. De acordo com o delegado responsável, Jucélio de Paula Silva Rego, três suspeitos já foram identificados, mas não devem pertencer ao mesmo grupo da operação Lavoura Limpa. “Acreditamos que seja outra organização criminosa. O inquérito já havia sido instaurado e as investigações têm sido feitas há mais de cinco meses. Descobrimos onde funcionava a fábrica e já apreendemos os produtos, que serão encaminhados para a perícia”, afirmou o delegado.

Fonte: Portal GCN/Jornal Comércio da Franca

Compartilhe agora:
Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *